Misceland

Misceland

Relógios de pêndulo se sincronizam sozinhos

Pesquisa da Universidade de Lisboa demonstra por quê relógios de pêndulo se sincronizam sozinhos

Relógios de pêndulo se sincronizam sozinhos… Você sabia? 
Quando dois relógios de pêndulo estão apoiados em um mesmo suporte, como em uma parede ou barra, eles tendem a sincronizar a hora. A primeira pessoa a perceber o fenômeno foi o próprio inventor do relógio de pêndulo, o holandês Christiaan Huygens, há 350 anos.
A hipótese do físico era de que deveria ocorrer algum movimento imperceptível entre os dois objetos. Hoje, sabemos que ele tinha razão! Dois matemáticos da Universidade de Lisboa, Henrique Oliveira y Luís Melo, criaram um modelo matemático que explica o feito.
As equações demonstram que cada pêndulo transmite pequenas ondas sonoras, que se desprendem através do suporte, em ambos os sentidos, alterando sutilmente o ritmo da oscilação e, em menos de meia hora, sincronizando-se.
A vibração entre dois osciladores, como no caso dos pêndulos, também é observada entre células do coração, átomos em um supercondutor, vagalumes no campo, entre outros. Interessante, né?

Você pode ver mais detalhes sobre os resultados da pesquisa na página da Scientific Reports.

 

Artigos Relacionados

De-Volta-para-o-Futuro-Foto-2

Chegamos em 2015! De Volta Para o Futuro

Um dos grandes clássicos do cinema, a trilogia De Volta Para o Futuro, fez milhões de fãs em todo o mundo e é um grande sucesso até hoje. Muito bom e, ao mesmo tempo, nostálgico para muitos, relembrar dos episódios! Dia 21 de outubro de 2015 foi a data no futuro[…]

Leia mais »
tec_esight_madre

Mãe cega foi capaz de ver seu recém-nascido

Graças a uns óculos especiais, uma mãe cega foi capaz de ver seu recém-nascido. Com a tecnologia eSight, os óculos podem capturar imagens e vídeos e, em seguida, reproduzí-los com melhorias à pessoa, já que estimula as células dos olhos, permitindo que a luz seja capturada e transmitida ao cérebro. Kathy Beitz, de 29 anos, começou a perder a[…]

Leia mais »

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *